domingo, 25 de julho de 2010

Anjo do amor!


Porque tardas meu anjo em vir comigo?
Serei teu e serás minha,em nosso doce abrigo.
Longe das tormentas que agitam os dias,
adormece entre as flores ao som da harmonia.

A porta dos amores está entre aberta,
na cabana erguida ao espaço incerta.
O lábio apaixonado é um lar em chama,
é o desejo louco que só tem quem ama.

Porque tardais meu anjo? vens comigo!
Quero teu olhar brilhante de fulgores.
Vem desmaiar na febre dos amores,
deita em meu peito o seu peito entumescido.

Sonho de um poeta,
vamos meu amor fugindo.
E para sempre sorrindo,
para longe vamos andar.

Seremos dois canarinhos
faremos o nosso ninho
nas pétalas de uma flor

numa casinha tão linda,
Lá no bosque que se agita.
Onde o vento vai soprar.

Como pássaros errantes,
Que repetem delirantes:
" para ser feliz basta amar". Suzely Serqueira

2 comentários:

  1. Nossa, adorei! Que talento! Parabéns, Suzely! Tu és ótima!

    ResponderExcluir
  2. Nada como ser poeta e extrair de, por detrás de cada olhar as inspirações da vida.

    Felicidades!

    Ismael
    Um Toque em Poesis

    ResponderExcluir