sexta-feira, 23 de julho de 2010

Se tu soubésseis


Quando em alta na amplidão flutua,
a linda lua com fatal valor.
Sabeis beleza que por ti suspiro
e que deliro a suspirar de amor.

Quando no leito em meio às cortinas,
tu te inclinas indolente aí!
Mas tu não sabes que,solitário e triste,
existe um ser que só pensa em ti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário